História do Arroz com Feijão

September 17, 2018

Além de tradicional, o arroz com feijão é uma delícia e é super nutritivo. Mas como começou essa tradição de comer arroz com feijão?

 

Acredita-se que a primeira planta cultivada na Ásia foi o arroz. A literatura chinesa mostra registros históricos bastante antigos sobre ele, que datam de 5000 anos.  As províncias de Bengala, Assam e Miamar, no sudeste da Ásia, são consideradas locais de origem do arroz.

Alguns historiadores apontam o Brasil como o primeiro país a cultivar esse cereal no continente americano. Mesmo antes da chegada dos portugueses no litoral brasileiro, os tupis já colhiam arroz, que levava o nome de “abatiuaupé” ou “milho d’água”.

 

Tipos selvagens de feijão foram encontrados no México e datados de cerca de 7000 a.C. Eles estão entre os alimentos mais antigos da humanidade.

 

No Brasil, graças à sua fácil cultura e grande praticidade por ser plantado ao redor das casas, o feijão ajudou a fixar a população indígena junto ao colonizador.

 Não se sabe bem como começou a união do arroz com feijão no Brasil. O simples aproveitamento de restos de feijão cozido e de arroz era comum em áreas rurais do Nordeste. Segundo o livro Histórias, Lendas e Curiosidades sobre a Gastronomia, foi por volta de 1808, quando a família real portuguesa chegou ao Brasil, que o arroz e o feijão ficaram mais próximos. Isso porque o arroz foi incluído na alimentação dos soldados por determinação do rei D. João VI e, como soldados e escravos estavam sempre juntos, em algum momento, a combinação foi feita. Para alegria dos brasileiros,  essa combinação se mantém até hoje.

 

Fonte: www.oleoo.com.br

 

Mais do que um prato saboroso e uma tradição antiga, a junção do arroz com o feijão é altamente rica em nutrientes. O arroz possui várias vitaminas do complexo B, carboidratos, cálcio, folato e ferro. Já o feijão esbanja proteína vegetal, ferro, vitaminas do complexo B e minerais fundamentais para o bom funcionamento do organismo. O arroz contém metionina, o feijão, lisina – aminoácidos que, juntos, são muito eficientes na reparação de tecidos do organismo. Enquanto o arroz puro pode aumentar as taxas de açúcar e de insulina na circulação sanguínea, o feijão tem o poder de minimizar esse efeito, mantendo a glicose estabilizada.

 

Deu água na boca para comer um belo prato de arroz com feijão com os mais deliciosos acompanhamentos? Vem pro Chefão!

 

Fonte: www.cozinhasincera.com

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Chefão apresenta: receitas da Vovó e do Vovô!

February 28, 2019

1/5
Please reload

Posts Recentes

July 8, 2019

Please reload

Arquivo